Divulgação

“Magellan World” levou o Douro à Volta do Mundo

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 5 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Divulgação

As comemorações dos 500 anos da primeira circum-navegação à Terra, levada a cabo por Fernão de Magalhães serviram de mote para levar o interior norte de Portugal até aos países que integram a Rede das Cidades Magalhânicas.

Cumpriu-se assim o objetivo do roteiro de viagem do projeto “O Douro à Volta do Mundo – Magellan World”: mostrar a países estratégicamente importantes para o turismo e com mercados já establecidos mas também a países com mercados emergentes que a região duriense se assume como uma verdadeira descoberta e, consequentemente, uma excelente oportunidade para a captção de novos investimentos.

Foram dois anos de promoção internacional do Douro dentro e fora de Portugal. Na região durienses estiveram jornalistas, bloguers, investigadores especializados em diferentes ações, operadores turísticos e comerciais de todo o mundo para conhecer de perto a paisagem, a cultura, a história e a gastronomia da região, mas também ver os hóteis e outras infraestruturas, conhecer roteiros turísticos, sentir de perto as vantagens e as dificuldades de apostar no Douro e Trás-os-Montes.

Fora de portas, a região mostrou-se no Brasil, Argentina, Uruguai e França. Nestas ações internacionais, o projeto fez-se representar por um comitiva com institucionais, jornalistas, operadores turísticos, agentes comerciais do turismo, agroalimentar e bolsa de investidores que acompanhados por produtos da região e apresentações multimédia deram a conhecer o Douro e Trás-os-Montes.

Em final de viagem o tempo agora é de balanços. Foram criadas parcerias no Brasil, nomeadamente com a BRAZTOA, a associação de operadores turísticos, cujo protocolo prevê a promoção turística do Douro e Trás-os-Montes no Brasil, em especial na época baixa da região duriense. No Uruguai a AETUR apresentou a região junto da Agência Uruguai XXI – uma agência que visa promover a economia daquele país; na Argentina a sessão de apresentação da região transmontana e duriense aconteceu no Teatro Margarita Xirgu, que pertence à UNTREF – Universidade Nacional de Três de Fevereiro – com uma exposição fotográfica, degustação de produtos, troca de informações e estudo de oportunidades.

O projeto “O Douro à Volta do Mundo – Magellan World”, promovido pela AETUR – Associação dos Empresários Turísticos do Douro e Trás-os-Montes teve inicio a 14 de dezembro de 2015 com a vinda ao Douro de vários especialistas da área dos patrimónios mundiais da UNESCO e finalizou em setembro deste ano, 2017, em Le Havre, França, a bordo do Navio Escola Sagres, da Marinha Portuguesa, tendo – num conjunto de 5 ações – dialogado com cerca de 200 operadores turísticos e agentes comerciais pertencentes às áreas do turismo e do agroalimentar.

 

 

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...