Direitos Reservados

Eixo Atlântico recebe nova vice-presidente

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 5 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Direitos Reservados

 

Foi hoje eleita, por unanimidade, a vice-presidente do Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular, Luísa Salgueiro, que é também presidente da Câmara Municipal de Matosinhos. O anterior vice-presidente, Alfredo García, autarca de O Barco de Valdeorras, foi agora substituído por aquela que é a primeira mulher a ocupar a vice-presidência do Eixo. Luísa Salgueiro manifestou total empenho no trabalho conjunto de valorização do território da fachada atlântica da Europa e sublinhou que a eleição permitirá também continuar a afirmar Matosinhos no Noroeste Peninsular.

O Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular foi fundado em 1992, com doze cidades portuguesas e galegas das quais fazem parte atualmente: Braga, Bragança, Chaves, Guimarães, Peso da Régua, Porto, Vila Real, Viana do Castelo e Vila Nova de Gaia – e da Galiza – Corunha, Ferrol, Lugo, Monforete de Lemos, Ourense, Pontevedra, Santiago de Compostela, Vilagarcia de Arosa e Vigo.

É uma entidade sem fins lucrativos que tem como objetivo promover o crescimento científico, tecnológico, económico, cultural e social destas regiões, através do desenvolvimento de projetos em diversas áreas, como o turismo e a proteção do meio ambiente, entre outros, chamando a atenção da União Europeia para que sejam providenciados apoios de forma a fomentar a cooperação transfronteiriça.

Matosinhos faz parte da organização desde 2007, tendo organizado em 2016 a Capital da Cultura do Eixo Atlântico. A instituição desenvolve programas de cooperação em áreas tão distintas como o desporto, a administração portuária, a cultura e a formação. Na reunião de hoje ficou também marcada a necessidade de unificação da coordenação do combate aos incêndios nos dois lados do rio Minho, tendo os autarcas considerado ser necessário reforçar a aposta na prevenção destes fogos.

Os vogais do organismo eleitos foram: Rui Moreira (Porto), Ricardo Rio (Braga), Abel Caballero (Vigo), Miguel Gomes (Barcelos), Xulio Ferreiro (A Coruña), Hernani Dias (Bragança), Rafael Cuiña (Lalín), José Tomé (Monforte de Lemos), Lara Mendez (Lugo) e José Maria Costa (Viana do Castelo).

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...