Direitos Reservados

Estuário do Tejo tem nova espécie de camarão

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 5 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Direitos Reservados

 

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o Camarão japonês (Marsupenaeus (Penaeus) japonicus) foi confirmado, dia 13 de novembro, no estuário do Tejo.

Esta espécie foi objeto de cultivo experimental nesta área na década de 1980 e desde o ano 2000 que o IPMA previa o estabelecimento do camarão.

A nova espécie do estuário tem interesse comercial sendo objeto de pesca no Oceano Índico e Pacífico, como o Japão, onde também é produzido em aquacultura. A sua introdução na Europa ocorreu através do Canal do Suez para o Mediterrâneo mas também de modo intencional para a sua utilização em aquacultura em França e Espanha.

Neste momento, o camarão japonês já está a ser capturado pela pesca artesanal.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...