Município de Arcos de Valdevez

“Florestar Voluntário” arranca em Arcos de Valdevez

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 5 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Município de Arcos de Valdevez

O projeto “Florestar Voluntário” assenta na missão de sensibilizar a população para a participação numa ação de reflorestação com espécies autóctones, designadamente carvalho-alvarinho (Quercus robur) e carvalho-negral (Quercus pyrenaica).

Em Arcos de Valdevez serão convocados os principais atores do território, nomeadamente agentes turísticos locais, as associações culturais, sociais e desportivas, a Porta do Mezio, as escolas, os Baldios, as Juntas de Freguesia, o Instituto de Conservação das Florestas (ICF) e os serviços da Câmara Municipal, para servirem de interlocutores e intermediários.

Será pedido aos visitantes e residentes no território que levem um pequeno “saco com sementes” que contém informação sobre a sementeira e sejam “pequenas formigas” que espalhadas pelo território vão contribuir para o restauro, valorização e preservação da floresta de Arcos de Valdevez, esclarece a autarquia em comunicado.

Os recentes fogos florestais que assolaram o país e o Alto Minho trouxeram mais uma vez para a praça pública um conjunto de temas variados relacionados com a floresta. “É no seio desta discussão que surge a oportunidade de envolver os cidadãos a contribuir na inversão da trágica redução da área ocupada por floresta e dentro desta da área ocupada com a floresta de espécies autóctones”.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...