Município da Praia da Vitória

Praia da Vitória aposta nos mais novos para conservação ambiental

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 5 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Município da Praia da Vitória

A Câmara Municipal da Praia da Vitória, Açores, associou-se ao movimento Plantar Portugal na celebração da 8ª Semana da Reflorestação Ambiental. A iniciativa consistiu na plantação de espécies endémicas no Paul da Praia da Vitória por duas turmas da Divertiláxia, eco-escola sediada na cidade.

“Esta ação visa dar a conhecer as espécies autóctones da nossa floresta, incutindo nas camadas mais jovens o sentido de responsabilidade sobre o espaço público, bem como a necessidade de preservar a natureza para a nossa própria salvaguarda enquanto habitantes do planeta Terra”, explicou Paula Ramos, vereadora com competência na área do Ambiente.

O Município tem manifestado, ao longo dos anos, uma grande preocupação com a valorização do património ambiental “continuaremos a apostar em medidas que promovam o meio ambiente e sensibilizem a comunidade para a preservação do mesmo”, sublinhou.

As espécies, plantadas junto à vedação Este do Parque Infantil, estão devidamente identificadas, apresentando informações acerca do seu habitat e estado de conservação. “Foram cedidas pelo Serviço Florestal da Terceira e dispõem ainda de cuidadores oficiais, nomeados no ato da plantação”, acrescentou.

O Plantar Portugal é um movimento de cidadania ativa que tem como objetivo primordial a sustentabilidade ambiental do país, através da consciencialização dos portugueses para a necessidade de proteger a natureza e a biodiversidade, utilizando os recursos naturais de forma racional.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...