Direitos Reservados

Universidade de Vigo visita Chaves para promoção de cultura

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 5 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Direitos Reservados

 

Dia 20 de novembro, estiveram em Chaves, alunos vindos da Universidade de Vigo no âmbito do projeto CrossCult.

A visita de estudo levou os alunos ao futuro museu das Termas Romanas e a observar o ensaio de um vídeo jogo que está a ser desenvolvido no âmbito do projeto sobre a cidade de Chaves.

Este projeto visa a criação uma aplicação (App) que estabeleça ligação entre diferentes espaços arqueológicos europeus da época romana vinculados à água e à saúde, como intuito de os promover. Esses espaços são o Balneário de Chaves, o Balneário de Lugo (Espanha), de Montegrotto Terme (Itália) e o Santuário de Epidauro (na Grécia).

Esta App, atualmente em fase de teste, estará anexada à aplicação de guia de visita do Museu National Gallery, em Londres, que recebe anualmente cerca de 6 milhões de visitantes por ano, bem como em outros espaços arqueológicos, como por exemplo o Santuário de Epidauro na Grécia, que tem um número de visitantes muito semelhante.

A criação desta rede de transferência de informação e conhecimento referente ao património histórico e cultural envolve um conjunto de parceiros, entre os quais o Luxembourg Institute for Science and Technology (LIST), que é líder do projeto, entre outras entidades e instituições sedeadas em vários países europeus.

O CrossCult resulta de uma candidatura aprovada no âmbito de um programa da Comissão Europeia (H2020-REFLECTIVE-6-2015), do qual o Município de Chaves é parceiro.

 

[slideshow]https://c7.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/G4312564c/20756453_bu5CN.jpeg,https://c7.quickcachr.fotos.sapo.pt/i/Gd9044457/20756454_aT7uH.jpeg[/slideshow]

 

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...