Lavradores de Feitoria

Lavradores de Feitoria sugere ‘Quinta da Costa das Aguaneiras tinto 2014’ para a época natalícia

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 5 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Lavradores de Feitoria

Começou o ano a sugerir o “Três Bagos Reserva tinto” e agora para a quadra natalícia recomenda “Quinta da Costa das Aguaneiras”. Este tinto 2014 da Lavradores de Feitoria tem origem num só terroir. refletindo um Douro tradicional, que mereceu o galardão ‘Prémio Grandes Escolhas’ pela revista Vinho Grandes Escolhas.

Lavradores de Feitoria

Uma garrafa de 750ml pode estar na sua mesa de consoada por 18,50€ (PVP recomendado) mas também existe em Magnum (1,5l).

De vermelho vivo, intenso e profundo, o ‘Quinta da Costa das Aguaneiras tinto 2014’ nasce de um blend de Touriga Nacional e Tinta Roriz, ao qual é adicionada uma “pitada” de uvas de outras castas, nascidas no seio de vinhas velhas (e por isso, misturadas). Este revela-se um tinto exuberante e bastante frutado, graças aos aromas de ameixa preta madura e cassis muito típicos do Douro, e elegante. A madeira discreta e bem integrada contribui para o enriquecimento aromático. Na boca, a entrada é fresca e frutada, mostrando-se um vinho macio e aveludado, os taninos estão bem equilibrados com a acidez, proporcionando-lhe complexidade. O final de boca é longo e saboroso.

Lavradores de Feitoria

Na Quinta da Costa das Aguaneiras – situada em Gouvinhas, na sub-região do Cima Corgo –, numa vinha na encosta virada a Sul e com parcelas com idades entre os 30 e os 60 anos, nascem as uvas que dão origem a neste néctar do Douro! Mantendo a tradição, são pisadas a pé em lagares de pedra; segue-se o estágio em barricas novas de carvalho francês, durante um ano. Um vinho de baixa produção, cuja média anual ronda as 5.000 garrafas.

 

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...