Município de Viana do Castelo

Viana do Castelo: Compostagem doméstica e recolha seletiva de biorresíduos alimentares em projeto de mais de cinco milhões de euros

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 5 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Município de Viana do Castelo

Os Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo (SMSBVC) desenharam um projeto de promoção da compostagem doméstica e recolha seletiva de biorresíduos alimentares assente em dois eixos: a promoção da compostagem doméstica no perímetro rural e a implementação, no perímetro urbano, de um sistema de recolha seletiva de biorresíduos alimentares, com o objetivo de reduzir a produção e deposição de biorresíduos em aterro e ainda a educação para a cidadania e a sustentabilidade.

A compostagem doméstica no perímetro rural vai abranger 13500 fogos, correspondendo a 50% dos fogos existentes mediante a atribuição de kits de compostagem doméstica. Já na área urbana, serão atingidos todos os 22 mil fogos, estando previstas diversas infraestruturas de apoio como a instalação de 480 contentores para descarga coletiva destinada ao fluxo de biorresíduos alimentares, a entrega de 22 mil contentores domésticos para facilitar o armazenamento temporário dos resíduos alimentares produzidos e ainda a aquisição de duas viaturas para a recolha e transporte dos biorresíduos.

Ao todo, vão ser investidos 5.3 milhões de euros, comparticipados em 4.2 milhões de euros pelo POSEUR (Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos).

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...