Município de Portimão

Mundial de Velocidade em Queda Livre aterra no Aeródromo de Portimão

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 5 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Município de Portimão

No fim de semana, 21 e 22 de abril, em Portimão, vai andar tudo de cabeça levantada e olhos postos no céu por causa do Campeonato de Velocidade da ISSA World Series que se realiza pela primeira vez em Portugal, e será o primeiro apuramento do Campeonato de 2018.

O evento Mundial de Velocidade em Queda Livre, organizado pela PARALVOR (SKYDIVE ALGARVE) e Federação Portuguesa de Paraquedismo, vai trazer ao Aeródromo Municipal de Portimão cerca de 50 paraquedistas de várias nacionalidades, oriundos de Portugal, Áustria, Inglaterra, Alemanha, Grécia, Suécia, Itália e Polónia.

Durante estes dois dias serão utilizados dois aviões, um Dornier G92 e outro Cessna C208B Supercaravan, aeronaves de duas turbinas com capacidade para transportar simultaneamente 15 paraquedistas, que irão realizar saltos a partir dos 14 mil pés de altitude e em cerca de 13 minutos.

Município de Portimão

O Paraquedismo de Velocidade é a modalidade do desporto não motorizado de velocidade mais rápido do mundo: a velocidade alcançada pelo corpo humano em queda livre é em função de dois fatores: o peso do corpo e a posição do corpo durante a queda livre. Em posição estável, com a barriga virada para a terra, a velocidade máxima atingida pelo corpo humano é cerca de 200km por hora. Em posição estável de cabeça para baixo durante a queda livre, o corpo humano consegue atingir uma velocidade máxima cerca de 240-290 km por hora. Se durante a queda livre conseguirmos uma posição perfeita, o corpo humano poderá atingir 480km/h ou mais.  Alcançar e aguentar a velocidade máxima através da posição do corpo durante a queda livre é o objetivo do Paraquedismo de Velocidade.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...