Município de Cabeceiras de Basto

Cabeceiras de Basto assinala Dia do Trabalhador com Lavoura à moda antiga

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 5 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Município de Cabeceiras de Basto

Se a terra é para quem a trabalha, em dia de Trabalhador dá-se o exemplo. Em Cabeceiras de Basto, ontem, 1 de maio, uma lavoura à moda antiga na Quinta da Portela, recriou os trabalhos de outrora, dando a conhecer aos mais novos a atividade rural dos antepassados.

Município de Cabeceiras de Basto

Os ‘lavradores’ desbravaram a terra com o apoio de três juntas de gado maronês, preparando-a para o cultivo do milho, com direito, a meio da manhã, à degustação do pequeno-almoço composto por pataniscas, tremoços, azeitonas, figos e doces.

Município de Cabeceiras de Basto

Barriga composta dá-se início à sementeira do milho que será doravante regado, sachado e tratado, para que em setembro, por altura das Festas de S. Miguel, seja desfolhado à moda do Minho. A jornada, animada por vários grupos de concertinas do concelho, terminou com um almoço-convívio na Quinta da Portela.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...