Facebook CP – Comboios de Portugal

Liga dos Amigos do Douro quer continuar a discussão sobre a Linha do Douro

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 4 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Facebook CP - Comboios de Portugal

É preciso trazer novos intervenientes para a discussão sobre a linha ferroviária do Douro. Esta é a vontade da Liga dos Amigos do Douro Património Mundial.

Depois de assistir ao debate sobre a linha, que aconteceu no sábado na Régua, António Filipe, presidente da Liga, defendeu a continuidade da discussão pois “é um tema pertinente para esta geração e que interessará também a futuras gerações” e deseja que “todos os interveniente neste processo”, em especial “os clientes, que são os destinatários últimos, e a própria região”, sejam também envolvidos. 

A organização diz-se disponível para se envolver no debate para assim “ajudar à preservação dos atributos que levaram a UNESCO a designar o Alto Douro Vinhateiro como Património Mundial” e a linha “está dentro desses atributos que foram considerados distintivos e merecedores dessa designação, relembrou António Filipe. “A linha ferroviária é uma componente muito relevante do modelo económico da região, daí que seja importante debate-la como motor de coesão social, perceber o seu papel no desenvolvimento económico da região, de ligação ao litoral e ao interior da península”, defende o dirigente. 

Para António Filipe, “O Douro caminha para a desertificação, caminha para a degradação do seu modelo económico e nós temos que encontrar alavancas de inversão desta tendência. E o caminho de ferro pode ser uma delas”, concluiu. 

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...