Município de Proença-a-Nova

Proença-a-Nova: Taxa de IMI mantém-se em minímos de lei

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 4 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Município de Proença-a-Nova

A taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) em Proença-a-Nova vai manter-se em 2019 nos valores mínimos previstos na lei, anunciou a autarquia. 

Segundo o comunicado enviado às redações, a proposta apresentada pelo executivo “foi aprovada por unanimidade na Assembleia Municipal”. A câmara municipal esclarece que “a taxa continuará afixada nos 0,3% para os prédios urbanos, com as deduções fixas também a não sofrerem alterações: 20€ para os agregados familiares com um dependente a cargo; 40€ para os agregados com dois dependentes e 70€ para os agregados familiares com 3 ou mais dependentes”. 

O documento aprovado garante ainda isenções, reduções e majorações. A autarquia vai reduzir em 20% a taxa de IMI para prédios arrendados para habitação na Área de Reabilitação Urbana (ARU) de Proença-a-Nova e 30% para prédios urbanos classificados de interesse público. Já os prédios urbanos degradados e que já tenham sido alvo de uma determinação do município para a realização de obras terão um aumento de 30% da taxa de IMI. Já os prédios localizados dentro da ARU que estejam degradados ou devolutos terão um aumento para o triplo da taxa de imposto. 

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...