Município de Santo Tirso

Santo Tirso: PJ faz buscas na câmara municipal

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 4 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Município de Santo Tirso

– em atualização – A Polícia Judiciária (PJ) está a fazer, esta quarta-feira, buscas na Câmara Municipal de Santo Tirso. Segundo fonte policial, citada pela Agência Lusa e replicada por diversos órgãos de comunicação social, já há cinco detidos nesta operação. 

Na origem da operação policial, está o facto do município ter adquirido “uma viatura elétrica”. Segundo a mesma fonte, no negócio “foi interveniente” Alberto Costa, vice-presidente da autarquia, e Maria Cacilda de Sousa, chefe de divisão. Ambos foram constituídos arguidos. 

Esta investigação e envolvimento do município surge em paralelo com outra sobre “fraude e criação de empresa que emitia faturas falsas a outras empresas, justificando dessa forma despesas depois apresentadas para efeitos de candidatura a fundos comunitários do Portugal 2020”. A Polícia Judiciária, quando contactada, indicou que os detidos pertencem a esta investigação e “não são da câmara”. 

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...