Município de Viana do Castelo

Viana do Castelo: aniversário da chegada do Gil Eannes assinalado com livro e exposição

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 4 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Município de Viana do Castelo

O antigo Navio Hospital Gil Eannes celebrou ontem o 21.º aniversário desde que chegou a Viana do Castelo.

Para assinalar a efeméride, foram lançados, este domingo, um livro e uma exposição no âmbito das comemorações. 

Da autoria de João Batel Marques, o livro “A Pesca do Bacalhau – História, Gentes e Navios: Os Navios – motor da Pesca à Linha, Tomo III” foi apresentado numa sessão solene que aconteceu a bordo do navio. A exposição  “Campanha São Ruy 1952” foi também inaugurada este domingo, estando patente na Sala José Hermano Saraiva. 

O navio Gil Eanes foi construído nos Estaleiros Navais da cidade, tendo iniciado a atividade em 1955, apoiando a frota bacalhoeira portuguesa. Após a desativação desta frota, o barco ficou a apodrecer nas docas de Lisboa. 

Em 1998, e após uma campanha inédita, o barco foi recuperado da sucata pela mão da Fundação Gil Eannes. A 31 de janeiro de 1998, o barco foi recebido em festa na Foz do Lima. “Desde que o Navio Gil Eannes foi colocado em exposição na antiga doca comercial de Viana do Castelo, a Fundação Gil Eannes tem tido como objetivo transformar o navio num espaço museológico, contribuindo deste modo para o desenvolvimento cultural, turístico e científico, especialmente em áreas relacionadas com o mar”, indica a autarquia em comunicado. 

O Navio Gil Eannes está prestes a atingir o marco do 1 milhão de visitantes. 

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...