Oliveira de Azeméis: mais de 300 operacionais em incêndio com quatro frentes ativas

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 4 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Adriano Miranda/Público/Direitos reservados

em atualização em atualização

Um incêndio em Pinheiro da Bemposta, Oliveira de Azeméis, deflagrou esta terça-feira e já obrigou à evacuação de uma casa isolada. O fogo começou às 03h30 devido a causas ainda conhecidas. 

Fonte do CODS de Aveiro referiu à Agência Lusa, citada por outros órgãos de comunicação social, que os bombeiros conseguiram reduzir o incêndio a uma frente ativa por volta das 10h. Mas, por volta das 15h, houve reacendimentos, estando a ser combatido em quatro frentes. O agravamento da situação deve-se a “ventos muito fortes”. 

Das quatro frentes, “duas das frentes estão mais ou menos controladas”, indicou Fernando Maciel, segundo-comandante dos Bombeiros Voluntários de Oliveira de Azeméis, aos jornalistas. “Estamos preocupados porque o vento vai piorar ao início da noite”, sendo que o objetivo é proteger as habitações. “Vamos tentar fazer um ataque musculado”, garantiu. 

Até ao momento, não há feridos a registar ou habitações destruídas pelo fogo, apesar dos “sustos”. 

No local, estão 343 operacionais, 106 meios terrestres e dois meios aéreos. 

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...