we are social!

Hi, what are you looking for?

Alto Alentejo

Governo cria espaços de coworking no Interior

Programa pretende dinamizar os territórios de baixa intensidade e fixar pessoas e empresas.

Mariano Mollo on Unsplash
Mariano Mollo on Unsplash

Está aí o projeto “Teletrabalho no Interior. Vida Local, Trabalho Global”. Os Ministérios da Coesão Territorial e do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social lançaram esta semana a primeira fase de uma rede nacional de espaços de coworking

Até ao final de junho, serão abertos 53 espaços de coworking, cabendo a sua gestão às câmaras municipais. Cada município terá um espaço, estando previstos dezasseis na região Norte, 23 na região Centro, três no Alentejo e onze no Algarve

Segundo o executivo, citado pelo jornal digital Diário Imobiliário, a criação destes espaços está prevista no Programa de Estabilização Económica e Social (PEES), contribuindo para a dinamização dos territórios do Interior, além de facilitar a “fixação de pessoas no interior do país e promover a partilha de experiências e ideias entre trabalhadores de vários contextos e origens”. Além disso, o Governo reconhece a “particular importância” deste modo de trabalho nos territórios de baixa intensidade para a “redução da assimetria geográfica de ofertas profissionais, democratizando as oportunidades entre as regiões”.

Os espaços de coworking são disponibilizados pelas autarquias e serão centrais, isto é, próximos de serviços ou de espaços culturais. Além disso, estarão equipados com equipamentos informáticos e acesso á internet, estando divididos em área para a realização de reuniões, videochamadas ou ações de formação. As autarquias vão gerir os espaços, divulgando-os, permitindo visitas virtuais e a disponibilização de informações como o horário de utilização, custos e calendário.

Publicado por

Últimas ofertas de emprego

também poderás gostar disto.