Estação do Pinhão vai ver passar mais comboios este verão

0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 2 anos, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

A CP – Comboios de Portugal vai reforçar a oferta na região duriense. A partir de 16 de maio estarão nos carris mais dois comboios com destino à vila do Pinhão.

As novas ligações ferroviárias ao vale do Douro realizam-se por prolongamento de serviços já existentes e que até aqui terminavam na cidade da Régua. O comboio regional 4105 procedente de Marco de Canaveses passa a ter como destino o Pinhão onde chega pelas 16h21. O comboio Interregional 874 passa a ter origem no Pinhão às 16h41 e tem como destino a estação de São Bento no Porto. Serão ainda introduzidos alguns ajustes pontuais à oferta na linha do Douro.

Sandra Moutinho, Presidente da Junta de Freguesia do Pinhão, considera esta decisão o reconhecimento da CP “da importância desta linha ao criar mais serviços e mais lugares dando resposta a uma procura crescente”. A autarca sublinha ainda que “num momento em que a vila anseia pela retoma económica e pelo fluxo turístico, mais comboios significa que haverá mais pessoas e mais opções de viagem para quem nos visita”.

Há um ano a CP criou o MiraDouro e nem a pandemia tirou à região vinhateira o encanto das visitas no verão. Sandra Moutinho espera que esse sucesso se repita este ano até porque “as renovadas carruagens Schindler e a nova experiência do MiraDouro não só deu mais conforto a quem usa o comboio diariamente como deu uma nova atratividade à linha, à vila e à região”.

A Presidente da Junta recorda ainda que “a linha do Douro gerava, antes da pandemia cerca de 1,1 milhões de viagens/ano entre o Marco e o Pocinho, com esta aposta da CP e a esperada normalidade da nossa vida, tudo leva a crer que estes números se reforcem”.

Para já a Vila do Pinhão poderá contar com 12 ligações diárias ao Porto e 10 ao Pocinho a que se juntará o comboio histórico no próximo verão naquilo que “é um reconhecimento claro por parte da CP no potencial da região”.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...