Município de Vila Real

Vila Real: Mais de 100 pessoas na dramatização dos caminhos de Cristo

A autarquia pretende “tirar partido de uma época do ano que não é particularmente forte em termos turísticos”
0 Partilhas
0
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 8 meses, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

A cidade de Vila Real volta a viver as emoções da Paixão de Cristo com a representação da “Via Dolorosa”. A iniciativa acontece esta quarta-feira à noite, 13 de abril, e vai juntar mais de 100 pessoas, entre atores, cantores e figurantes da comunidade, na dramatização dos caminhos de Cristo desde a última ceia até ao sepulcro.

A Via Dolorosa passará por diversos espaços do património cultural e religioso, como a Sé Catedral, onde se desenrolarão as representações do Lava-Pés e Última Ceia, a Vila Velha, o Largo da Capela Nova, entre outros locais emblemáticos do centro histórico da cidade, terminando junto às cruzes da Igreja do Calvário.

O Município de Vila Real pretende “tirar partido de uma época do ano que não é particularmente forte em termos turísticos” diz, e que “muito tem a ganhar com a realização deste género de eventos que aliam a religiosidade à cultura”. Promove-se a criação de uma tradição “que irá atrair, para além dos locais, a atenção dos turistas, particularmente oriundos da vizinha Espanha”.

A “Via Dolorosa” é promovida pela autarquia de Vila Real em parceria com a Filandorra – Teatro do Nordeste e elementos do grupo coral do maestro Marco Aurélio Moura, com o apoio da Diocese de Vila Real, que este ano comemora o seu Centenário.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

0 Partilhas
Há mais para ler...