CIM Viseu Dão Lafões

CIM Viseu Dão Lafões vai monitorizar vespa velutina

Projeto tem a duração de dois anos.
1 Partilhas
1
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 7 meses, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões está a instalar armadilhas contra a vespa velutina, informou aquela entidade.

O arranque da iniciativa “Deteção e Combate à Espécie Exótica Invasora Vespa velutin” aconteceu no passado dia 06 de junho e contempla a instalação de armadilhas entomológicas por todo território, com vista a prevenir, vigiar e controlar o progresso da espécie invasora nos ecossistemas.

O projeto tem a duração de dois anos e quer instalar esta rede ao longo de dois anos, dotando os “municípios de equipamentos para a deteção e combate a esta espécie, incluindo equipamento de proteção individual, hipsómetros, binóculos e kits de destruição de ninhos, bem como, a divulgação de procedimentos de monitorização junto de técnicos”, acrescenta a entidade que agrega catorze municípios.

A iniciativa representa um investimento de trezentos e trinta mil euros e conta com a colaboração da Faculdade de Ciências da Universiade de Coimbra.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

1 Partilhas
Há mais para ler...