Caravela-portuguesa avistada na praia das Maçãs

Contacto deve ser sempre evitado, alerta IPMA
1 Partilhas
1
0
0
Este artigo foi publicado há, pelo menos, 4 meses, pelo que o seu conteúdo pode estar desatualizado

Alguns exemplares de caravela-portuguesa foram avistados na praia das Maças, em Sintra. A informação foi confirmada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Este avistamento acontece após um período de ausência. “A caravela-portuguesa tem vindo a ser avistada com regularidade durante todo o verão na maioria das ilhas dos Açores.”, precisa o instituto.

A alerta surge devido às características deste organismo: “Influenciada por ventos e correntes de superfície, apresenta um flutuador em forma de “balão” de cor azul e, por vezes, tons lilás e rosa; os seus tentáculos podem chegar aos trinta metros de comprimento e são muito urticantes, capazes de provocar graves queimaduras”, refere o IPMA, acrescentando que, em caso de contacto com destes espécimes, “deve limpar bem a zona afetada com água do mar e retirar quaisquer pedaços de tentáculos que possam ter ficado presos na pele. Poderá aplicar vinagre e compressas quentes e procurar assistência médica”.

A caravela-portuguesa é um organismo constituído por uma colónia de vários indivíduos. Segundo a plataforma GelAvista do IPMA, esta espécie “é a mais perigosa de todas os gelatinosos que ocorrem em Portugal”.

Encontrou um erro ou um lapso no artigo? Diga-nos: selecione o erro e faça Ctrl+Enter.

1 Partilhas
Há mais para ler...