Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

o canal de informação regional d'o largo....

03.03.20

Castro Marim: Ciclovia da Lezíria onde "Pedalar dá mais Vida"

Percurso de cerca de 3km permite o acesso ao interior da Reserva do Sapal.


por helena margarida

Município de Castro Marim

A Ciclovia da Lezíria está localizada na E.N. 122 e liga agora a vila de Castro Marim a Vila Real de St. António. Num percurso de cerca de 3km, que também permite o acesso ao interior da Reserva do Sapal, encontram-se ainda 2 esculturas de Carlos Correia, inspiradas no desporto e criadas para o momento. Foi inaugurada na passada sexta-feira, 28 de fevereiro, por atletas de associações do concelho. Entre eles esteve um dos grandes nomes do ciclismo português, Ricardo Mestre, um castromarinense vencedor da Volta a Portugal e que deu a assinatura à Ciclovia da Lezíria - “Pedalar dá mais Vida” -, um apelo à saúde, ao ambiente e à mobilidade sustentável.

“Finalmente podemos fazer este trajeto em segurança, apreciando o património ambiental invejável. Estamos perante uma infraestrutura que respeita e promove os valores ambientais, respeita e promove a história da ligação entre estes dois povos, respeita e promove o turismo e o dinamismo económico destas localidades, respeita e promove a saúde de cada um de nós e, no fundo, a autoestima dos castromarinenses e vila-realenses”, realçou o presidente da Câmara Municipal de Castro Marim, Francisco Amaral.

A Ciclovia da Lezíria é uma obra enquadrada no PO CRESC Algarve 2020, no âmbito do plano de ação PADRE, aprovado para o Baixo Guadiana na operação READY, apoiada por Portugal e União Europeia, cofinanciada a 70% pelo FEDER.

A próxima infraestrutura ciclável a ser construída irá ligar Castro Marim à Praia Verde. Localizada na EN 125-6, a via de acesso à freguesia de Altura e ao IC27, deverá ter uma extensão de cerca de 5km e a sua criação está integrada num projeto de valorização da rodovia, nomeadamente no alargamento e repavimentação e na melhoria da drenagem.

A obra "deverá avançar brevemente", refere o autarca, e será uma empreitada estimada em cerca de 850.000,00+IVA, enquadrada no PO CRESC Algarve 2020, cofinanciada a 50% pelo FEDER, no âmbito do PAMUS (Plano de Ação de Mobilidade Urbana Sustentável). A obra será ainda objeto de candidatura ao Empréstimo Quadro do BEI.

A ciclovia que fechará o circuito do triângulo verde, Vila Real de St. António – Praia Verde, será um troço da Ecovia do Litoral e do EuroVelo, promovida pela CCDR – Algarve e pela AMAL.

publicidade