Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

o canal de informação regional d'o largo....

28.03.20

COVID-19: Guimarães ativa Plano Municipal de Emergência

Município terá ainda a funcionar a partir de hoje uma Unidade de Rastreio à COVID-19


por helena margarida

município de guimarães.JPG

Guimarães ativou o seu Plano Municipal de Emergência. Uma medida aprovada por unanimidade na reunião de ontem, 27 de março, da Comissão Municipal de Proteção Civil. A aprovação da ativação do Plano Municipal de Emergência "justifica-se pelo aumento de casos de infeção no Distrito de Braga e no Concelho de Guimarães e pela iminência de uma situação de acidente grave provocada pela infeção do Coronavírus", explica em comunicado o município vimaranense.

Ao abrigo da decisão, Domingos Bragança, Presidente da Câmara e máximo responsável da Proteção Civil Municipal, emitiu um despacho com efeito a partir das 00h00 de hoje, 28 de março, e onde constam as seguintes medidas que se adicionam às vigentes até à data.

- Encerramento da Ecovia/Ciclovia;

- Encerramento de todos os parques de lazer do concelho, municipais ou das freguesias;

- Encerramento dos cemitérios municipais e das freguesias, exceto para a realização de funerais;

- Suspensão de todas as feiras semanais de todo o território municipal, incluindo nestas os pequenos mercados de venda de produtos alimentares, de origem animal ou vegetal.

Este sábado entrará em funcionamento a Unidade de Rastreio à COVID-19. A estrutura está instalada no Multiusos de Guimarães e, numa primeira fase serão realizados 100 rastreios por dia e destinam-se apenas aos utentes críticos indicados pela Administração Regional de Saúde do Norte. Nos próximos dias será disponibilizada uma linha de contacto pela UNILABS aberta à comunidade a fim de efetuar agendamento para novos testes.
O Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, reafirma a prioridade de rastreio a todos os utentes de Lares de Idosos e Cuidadores, no sentido de minimizar a propagação do vírus e contribuir para o bom funcionamento das instituições nas respostas sociais à população idosa, assumindo a Câmara se necessário os custos financeiros deste rastreio.
No âmbito da evolução do surto epidémico da COVID-19, o Município de Guimarães "tem acompanhado atentamente e tomado as medidas necessárias para informar a população e apoiar as várias instituições para fazer face às necessidades acrescidas vividas neste momento, efetuando também uma reavaliação diária das medidas de prevenção adotadas e a adotar de modo a prevenir e conter a respetiva propagação", informa o comunicado.

Saliente-se a evolução epidemiológica no concelho de Guimarães que, até às 20h30 de quinta-feira, 26 de março, e segundo os dados fornecidos pelo ACES do Alto Ave, registava 58 casos confirmados de infetados, 755 casos em vigilância e 79 a aguardar resultados dos testes. Esta situação exige a tomada de medidas excecionais e temporárias com vista a robustecer e alargar o esforço de contenção da propagação epidémica, com o que se procura evitar, a todo o custo, um cenário de saturação dos meios de assistência hospitalar e, assim, proteger a vida dos cidadãos mais gravemente afetados pela COVID-19.

Plano de Emergência Municipal 

encontrou um erro? proponha uma correção ou, simplesmente, fale connosco:
redacao@olargo.pt
estamos no facebook e no twitter.
escute a emissão d'o largo.fm e torna-se nosso patrono.

n'o largo...