Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Informadouro

o canal de informação regional d'o largo....

28.12.18

IPCA: Morreu João Carvalho


por Bruno Micael Fernandes

Instituto Politécnico do Cávado e do Ave/Direitos reservados

O ex-presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), João Carvalho, faleceu ontem vítima de doença prolongada, informou a instituição em comunicado. 

Membro do Conselho de Curadores da Fundação do IPCA, João Carvalho foi presidente da Comissão Instaladora durante cinco anos. "Fica a memória de um grande homem e de uma grande obra em prol da região, de Portugal e do Ensino Superior Politécnico", refere o mesmo comunicado. 

O corpo de João Carvalho está câmara ardente na igreja paroquial de Real, Braga, sendo que o funeral se realiza este sábado, a partir das 10h30, no mesmo local. 

João Carvalho teve "papel determinante" no ensino na região - autarcas reagem 

A morte de João Carvalho já teve reações por parte do poder local e, mesmo da Presidência da República

Num comunicado enviado à imprensa, Domingos Bragança, presidente da câmara de Guimarães, diz que o "contributo" de João Carvalho foi "decisivo" para a "criação da Escola Superior de Hotelaria e Turismo, reconhecendo o seu papel determinante na implantação do IPCA no território do nosso Município e a mais-valia que essa instalação representa". "O IPCA completou a sua dimensão geográfica de também ser do Ave com a instalação do polo do AvePark, para o que foi determinante a visão estratégica e a colaboração do Professor João Carvalho que manifestou um dedicado empenho nesse projeto e na sua consolidação", indica o mesmo comunicado. 

Já o presidente da câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes, destaca o "espírito de exigência e persistência". "João Carvalho foi o principal impulsionador do crescimento do IPCA e da implantação do ensino superior em Barcelos, dando um enorme contributo para o desenvolvimento do nosso concelho e da região do Cávado e do Ave", escreve. "Com 62 anos, João Carvalho dedicou a sua vida ao IPCA, instituição da qual é a referência maior, sendo-lhe unanimemente reconhecidas, de entre muitas qualidades, o profissionalismo, a ética e a abnegada dedicação à causa pública", acrescenta ainda o autarca. 

Marcelo Rebelo de Sousa também reagiu à morte de João Carvalho. Numa declaração publicada no site da Presidência, o Presidente da República agradece o "contributo académico, científico e de serviço à Comunidade. Era justamente considerado uma referência na sua área de especialidade, a contabilidade, ainda que o seu legado mais duradouro será porventura tudo aquilo que fez no IPCA, onde deixa a sua marca e ao qual se dedicou de corpo e alma, transformando-o numa instituição exemplar no Ensino Politécnico em Portugal", refere. 

publicidade